Como Decidir Entre Comprar um Imóvel à Vista ou Financiado

Escrito por on 27 de março de 2015 in Dicas - Nenhum Comentário -

Um dos grandes sonhos dos brasileiros é comprar um imóvel para chamar de seu, porém, nem todo mundo consegue realizar esse desejo rapidamente. Se pudesse todo mundo iria preferir comprar o imóvel dos sonhos à vista, porém, como é difícil juntar tanto capital muitos tem optado por comprar por financiamento.

A dúvida que cerca quem está pensando em comprar um imóvel diz respeito a financiar ou então juntar dinheiro para comprar o imóvel à vista. Porém, quais são os critérios que devem ser levados em conta para saber qual é a melhor opção? A seguir vamos analisar alguns desses fatores para te ajudar a tomar essa decisão de forma mais assertiva.

A Lógica

Pela lógica vale muito mais a pena juntar o dinheiro para comprar o imóvel à vista já que fazendo isso é possível obter um bom desconto na compra além de se fugir dos juros do financiamento que podem fazer com que o imóvel dobre de preço. Porém, a lógica nem sempre é o que mais se adéqua a nossa realidade, não é mesmo?

Um imóvel, por menor que seja, é um bem de grande valor agregado de forma que pode demorar muito para economizar o dinheiro para comprar o seu. Quem deseja pagar menos juros, mas precisa do imóvel já pode tentar uma terceira via, ou seja, fazer um híbrido de poupança e financiamento. Poupe com sabedoria para conseguir dar uma boa entrada no imóvel e financie o que sobrar.

O Mercado Imobiliário

Nos últimos anos os imóveis se valorizaram muito em grande parte das cidades brasileiras e por isso se tornaram muito caros. Mesmo que se fale muito a respeito da tal ‘bolha imobiliária’ os imóveis não estão se desvalorizando. Os especialistas indicam que os imóveis ainda irão se valorizar mais, contudo, numa escala desacelerada.

Poupança e Juros do Financiamento

Porém, mesmo que os imóveis diminuam um pouco de preço ainda seria muito demorado para juntar o capital todo necessário para a compra à vista. Em contrapartida observamos os juros do financiamento que mesmo tendo diminuído um pouco ainda são muito elevados e assustam os eventuais compradores.

Quem compra um imóvel através de financiamento na maior parte dos casos acaba pagando duas vezes o valor do imóvel. Porém, ainda assim financiar pode ter as suas vantagens, confira algumas abaixo.

O Caro Que Tem Vantagens

Aluguel

Quando se faz um financiamento assertivo e com inteligência se tem uma ótima ferramenta para comprar o seu imóvel. Por exemplo, no caso de uma pessoa que mora de aluguel o valor do financiamento pode substituir o valor pago ao locatário e o melhor é que esse dinheiro é um investimento uma vez que se está fazendo uma compra. Porém, numa situação em que o imóvel é comprado na planta o aluguel mais a prestação podem se tornar um grande peso sendo mais fácil poupar do que financiar.

Tempo

A grande vantagem que o financiamento tem sobre a poupança para compra à vista é o tempo com certeza. Pode demorar décadas até que uma pessoa junte dinheiro suficiente para comprar um imóvel à vista. Quem precisa de um imóvel para chamar de seu logo e não quer morar de aluguel pode ser uma boa solução financiar o imóvel.

Paralisação do Preço

Outra vantagem bem significativa que podemos identificar na compra de um imóvel por meio de financiamento é a possibilidade de paralisar o preço atual do imóvel. Pois, quando você está juntando dinheiro para uma compra à vista não tem controle sobre as oscilações do mercado e assim os imóveis podem continuar se valorizando deixando a realização do sonho de compra cada vez mais longe.

FGTS

O financiamento de imóveis permite a utilização dos recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), nos casos em que se enquadra nas regras. Usar esse fundo para isso pode ser interessante, pois além de ser uma ajuda para o valor final ele não rende muito enquanto fica parado.

Esse recurso pode ser utilizado no financiamento para a entrada, para amortizar ou quitar parcelas. Nos casos de compras à vista o FGTS apenas pode ser usado se for para quitar o valor todo do imóvel e com certeza isso é difícil com esse recurso.

Questão de Disciplina

Pessoas que não tem disciplina para poupar podem enfrentar diversos problemas para conseguir juntar os recursos necessários para a compra à vista do seu imóvel. Sendo assim se você não tem disciplina para poupar o melhor mesmo é fazer o financiamento, pois aí terá uma parcela que precisará ser paga.

Saber Poupar

Quem escolhe o caminho da compra à vista precisa saber como poupar para conseguir chegar mais rápido ao seu objetivo. A poupança é importante até mesmo para quem deseja comprar por financiamento já que em geral as instituições financeiras pedem uma entrada de pelo menos 10% do valor total.

Pode ser um ótimo negócio oferecer uma boa entrada no financiamento de maneira a reduzir o tempo de parcelas e os juros. A conclusão a que chegamos é que poupar é fundamental nos dois tipos de compra. Quem tem condições de poupar mais de 30% da sua renda tem boas chances de comprar o imóvel à vista com facilidade.

Quanto Poupar?

A primeira coisa que se deve estabelecer é quanto poupar em ambos cenários, ou seja, na compra à vista ou por meio de financiamento com entrada. Pense em quanto custa o imóvel que você deseja comprar. Em seguida pense em quanto será necessário dar de entrada para que o financiamento caiba no seu bolso.

Também é importante saber quanto custam as taxas referentes ao imóvel bem como quais são os ajustes necessários para que você possa se mudar e morar lá. Comprar um imóvel gera outros custos como no Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) além da escritura e do registro. No caso de imóveis comprados na planta ainda existem taxas que precisam ser pagas. Coloque nessa conta ainda o valor dos móveis e dos eletrodomésticos necessários para que o imóvel se torne habitável.

Deixe um Comentário