Os Bairros Mais Valorizados do Rio de Janeiro

Escrito por on 25 de outubro de 2014 in Dicas - Nenhum Comentário -

Uma das cidades que tem registrado um dos maiores aumentos no valor dos seus imóveis é a cidade do Rio de Janeiro. Para se ter uma ideia da tamanha valorização que esses imóveis estão tendo o preço médio do metro quadrado no bairro do Leblon está 33,4% mais caro do que o valor registrado por metro quadrado no bairro mais caro da cidade de São Paulo.

Confira abaixo quais são os bairros mais valorizados do Rio de Janeiro e qual no valor médio de um imóvel em cada um. O levantamento que estamos usando de base considerou imóveis antigos até aqueles que ainda serão entregues, ou seja, que apresentam diferentes níveis de conservação. Não está nada barato morar na cidade maravilhosa.

Limitações

Antes de chegarmos a pesquisa propriamente dita é relevante ressaltar a questão das limitações que a cidade apresenta. Para começar a mobilidade no Rio de Janeiro é mais difícil do que em São Paulo uma vez que possui uma geografia mais acidentada que acaba por isolar algumas regiões entre morros.

Dessa forma a cidade tem mais limitações para a construção de novos prédios e isso torna o preço do seu metro quadrado mais caro nas regiões que tem uma localização melhor e que ficam mais próximas dos centros comerciais. Para se ter uma ideia de como isso é significativo é interessante perceber que os bairros que estão no topo dessa lista tem poucos imóveis disponíveis para compra.

O mercado observou uma tendência chamada de ‘retrofit’ que consiste em reformar os apartamentos construídos, mas mesmo assim os preços continuaram subindo muito no último ano. Uma cobertura decorada e com piscina que fique em frente a praia do Leblon pode ter o seu metro quadrado custando até R$ 60 mil.

Movimento de Mercado

Como os preços tem aumentado muito as pessoas que antes poderiam comprar imóveis nos bairros mais famosos do Rio de Janeiro tem procurado por opções mais em conta em outros bairros como Botafogo, Urca, Humaitá e Copacabana. O movimento de mercado pode ser observado ainda em relação aos centros comerciais.

Várias empresas tem se mudado em busca de aluguéis mais em conta e isso tem dado um grande impulso nos preços de regiões que começaram a se transformar em novos centros comerciais na cidade como, por exemplo, o bairro da Barra da Tijuca. Devido ao aumento da atividade comercial esses bairros começam a registrar uma valorização maior do que os tradicionais Leblon e Ipanema, basicamente bairros que aumentam a demanda aumentam também os seus preços.

Olimpíadas de 2016

Não podemos deixar de destacar que a realização das Olimpíadas de 2016 na cidade assim como a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil ajudou a elevar ainda mais os preços do mercado imobiliário. Os especialistas nesse segmento alertam que depois de passada a competição de 2016 pode ser que os preços baixem significativamente uma vez que deve estourar uma bolha imobiliária. Porém, por enquanto ainda está bem difícil comprar um imóvel para chamar de seu no Rio de Janeiro.

Reis da Valorização

Os bairros do Rio de Janeiro que mais se valorizaram nos últimos tempos são o bairro Alto da Boa Vista que teve um aumento de 51% no valor do seu metro quadrado; Rocha Miranda com um aumento de 37%; Água Santa com 35%; na sequência Pilares com valorização de 31% e Freguesia – Ilha do Governador com 31%.

Os bairros da cidade maravilhosa com os menores índices de reajustes foram o Cosme Velho com 5%; Guadalupe com 4%; Vaz Lobo com -3% e Benfica com -1% além de Marechal Hermes com apenas 5%.

Bairros Mais Caros do Rio de Janeiro

Quando observamos a lista dos bairros mais caros do Rio de Janeiro percebemos que todos ficam na Zonal Sul da cidade.

  • Leblon – Um dos bairros mais conhecidos da cidade é um dos principais cenários de novelas da Rede Globo. O valor do metro quadrado nesse bairro é de R$ 22.335.
  • Ipanema – Outro símbolo da exuberância e beleza do Rio de Janeiro o bairro de Ipanema tem um valor médio de R$ 20.118 por metro quadrado.
  • Lagoa – Um dos pontos mais bonitos da cidade também tem grande valorização, o metro quadrado nessa região chega a um preço médio de R$ 17.473.
  • Gávea – Já na Gávea o valor médio do metro quadrado gira em torno de R$ 16.860.
  • Jardim Botânico – Não muito atrás da Gávea, o Jardim Botânico, tem um valor médio de R$ 16.699 por metro quadrado.
  • Urca – Um dos bairros mais charmosos do Rio de Janeiro conta com um valor médio pelo metro quadrado de R$ 15.303.
  • Leme – Para adquirir um imóvel no Leme a pessoa deve estar disposta a pagar um preço médio de R$ 14.547 por metro quadrado.
  • Humaitá – Com o crescimento comercial na região esse bairro está com um valor médio de R$ 14.202 por metro quadrado.
  • Copacabana – Nesse bairro bastante procurado por quem deseja morar no Rio de Janeiro o valor médio do metro quadrado fica em torno de R$ 13.471.
  • Botafogo – Já no bairro de Botafogo o valor médio do metro quadrado de imóvel é de R$ 13.158.

Os Bairros Mais Baratos do Rio de Janeiro

Os bairros mais baratos da cidade estão localizados na região Norte e Oeste, confira abaixo quais são eles:

  • Pavuna – Localizado na Zona Norte tem um valor médio de R$ 2.203 por metro quadrado.
  • Coelho Neto   – Também na Zona Norte os imóveis nesse bairro tem um valor médio de R$ 2.552 por metro quadrado.
  • Bangu – Um imóvel localizado na Zona Oeste e cujo valor médio por metro quadrado fica em R$ 2.606.
  • Vaz Lobo – Bairro da Zona Norte tem o valor médio de R$ 2.614 por metro quadrado.
  • Jardim América – Um bairro localizado na Zona Norte e que tem um valor médio de R$ 2.741 por metro quadrado.
  • Guadalupe – Um bairro que fica localizado na Zona Norte do Rio e cujo valor do metro quadrado fica em R$ 2.835.
  • Realengo – Localizado na Zona Oeste esse bairro tem um valor médio por metro quadrado de R$ 2.836.
  • Turiaçu – Um bairro da Zona Norte  que tem como valor médio de metro quadrado R$ 2.921.
  • Marechal Hermes – Situado na Zona norte o valor do seu metro quadrado é R$ 2.973.
  • Campo Grande – Um bairro da Zona Oeste que tem valor médio de R$ 3.093.

Deixe um Comentário