Tudo Sobre Seguros Residenciais

Escrito por on 28 de maio de 2015 in Dicas - Nenhum Comentário -

O Que é o Seguro Residencial?

O seguro residencial consiste num produto que oferece coberturas multirriscos, isso significa que se trata de um produto que reúne seguros conjugados numa mesma apólice. Um seguro direcionado para casas ou apartamentos que sejam utilizados como residência oficial ou mesmo residência de veraneio.

Basicamente todo e qualquer seguro residencial oferece uma cobertura básica em que estão inclusos prejuízos decorrentes de queda de raios, incêndio e explosão. Além da cobertura básica é possível ainda contar com coberturas adicionais desde que essas sejam contratadas pelo segurado. As coberturas adicionais contribuem no sentido de que ajudam a proteger o imóvel contra outros riscos e danos.

Para que o seguro residencial seja eficiente é importante que ele tenha coberturas que ofereçam ajuda em diferentes situações como impacto de veículos com o imóvel, vendaval, danos elétricos, desmoronamento, roubo entre outros. Algumas situações podem parecer difíceis de acontecer, mas se acontecerem e a sua casa/apartamento tiver um seguro com cobertura para tal será bem mais fácil remediar o problema.

Contratação de Adicionais e de Serviços

Um adicional que cada vez mais pessoas têm contratado é o de ressarcimento de prejuízos que tenham sido causados para outras pessoas de forma involuntária pelo dono da casa, seus familiares ou animal de estimação. Basicamente essa cobertura entra no seguro de responsabilidade civil e pode ser inclusa na apólice multirriscos.

As seguradoras tem se esforçado para oferecer um mix de serviços cada vez mais atraente como a limpeza da caixa d’água, conserto do telhado, serviço de faxina, bombeiro entre outros. Além disso, muitas empresas já estão oferecendo aos seus clientes a possibilidade de participar de sorteios mensais de prêmios em dinheiro ao contratar um seguro.

Junção de Seguros

Cada vez mais as seguradoras têm oferecido opções com mais coberturas inclusas para garantir que o cliente fique plenamente satisfeito e cercado de todos os tipos de proteção. As opções que as seguradoras oferecem são bem variadas e podem até mesmo fazer a junção com outros tipos de seguros como o seguro de vida e de acidentes pessoais.

Tipos de Apólice que Existem

Diferente do seguro de condomínio que é compulsório, o seguro residencial, é do tipo facultativo. Porém, saiba que se você pretende financiar um imóvel através de um banco a instituição financeira irá exigir que seja contratado um seguro residencial para que possa oferecer o empréstimo.

O Brasil tem dois tipos de seguros com ligação com empréstimos hipotecários que são o seguro que cobre morte e invalidez permanente (MIP) e o seguro de cobertura de danos físicos aos imóveis (DIF). Esses dois seguros são obrigatórios por lei nos contratos do Sistema Financeiro da Habitação (SFH).

Porém, saiba que mesmo contratando os dois seguros obrigatórios é necessário ainda contratar o seguro residencial. O seguro que é obrigatório tem cobertura que protege o imóvel contra danos físicos, porém, o seu conteúdo ainda se mantém desprotegido. Ainda não se tem proteção contra riscos de ações na Justiça por responsabilidade civil de danos materiais ou corporais.

Apólice Única

Na década de 1990 o setor de seguros foi modernizado e então se tornou possível reunir numa apólice única todos os riscos referentes aos bens materiais e também as pessoas. Exatamente por isso que essa apólice passou a ser conhecida como multirrisco ou compreensiva.

Sendo assim a apólice do seguro residencial pode ser feita em módulos de maneira a ter diferentes coberturas e passa a contar com garantias chamadas de acessórias ou especiais. A dica para encontrar a melhor alternativa de cobertura para as suas necessidades é contar com o auxílio de um corretor de seguros.

Apólice Multirrisco

A apólice multirrisco oferece o pagamento de indenização de cada garantia em separado e conforme o valor que foi estipulado no contrato. Para que fique mais claro imagine que está incluso no seu seguro proteção para eletrodomésticos e numa queda de voltagem na rede a sua geladeira acabou estragando. Os custos com o conserto da geladeira irão ser reembolsados. Contudo, imagine que o problema foi outro e a sua geladeira foi roubada, nesse caso a indenização será para a reposição do eletrodoméstico.

É importante que fique claro que o valor das coberturas que são definidas na apólice são equivalentes ao total máximo de indenização que o segurado irá receber no caso de ocorrer um dos problemas que estão na cobertura. Se a sua apólice prevê uma cobertura de R$ 5 mil para eletrodomésticos esse é o valor máximo que poderá ser recebido se a sua casa for roubada incluindo os aparelhos.

Contudo, ainda tem a perícia a ser realizada, se os peritos estimarem que os gastos para repor o que foi roubado giram em torno de R$ 3 mil é isso o que o segurado irá receber e não os R$ 5 mil. Antes de escolher a sua apólice é melhor pensar bem quais são as coberturas que realmente farão a diferença no seu dia a dia e te oferecerão mais garantias.

Franquia de Seguro Residencial

Uma dúvida recorrente diz respeito a existência de franquia no seguro residencial, é importante saber que existe. Tem algumas seguradoras que criam um mecanismo de coparticipação do segurado para algumas coberturas como de acidentes domésticos, danos elétricos, vendavais, ciclones entre outros. Basicamente a franquia consiste numa parte do prejuízo que o segurado deverá pagar.

Dessa forma a cobertura básica que é aquela que se refere a prejuízos causados por incêndios, explosões, queda de raios e desmoronamento não tem franquia. Observe que na apólice do seguro residencial já está especificada qual é a importância que você precisará custear da franquia ou qual o percentual de indenização que deverá ser contratado – qual será o limite máximo do valor da indenização.

Quando o valor do prejuízo é menor que o valor da franquia quem paga o conserto é o segurado e assim não existe pagamento de indenização pela seguradora. Claro que não é a melhor situação pagar por um problema que em teoria estava segurado, no entanto, a franquia é um mecanismo que torna possível que os seguros sejam barateados uma vez que os riscos da seguradora diminuem.

Deixe um Comentário