Como Tirar Manchas de Bolor das Roupas

Escrito por on 30 de novembro de 2012 in Truques - Nenhum Comentário -

Nada como tomar um banho bem gostoso pela manhã e logo colocar aquela roupa bem limpinha e cheirosa, não é verdade? Pois roupa limpa, mesmo que não seja nova, dá sempre um grande bem estar quando vestida.

Mas, apesar de cuidarmos bem de nossas roupas sempre cometemos alguns deslizes imperdoáveis como sujar as peças de molho de tomate, deixar respingar gordura, ou ainda guardar roupas umedecidas no fundo das gavetas ou do guarda-roupa. Em outras oportunidades, ainda teimamos em deixar para lavar em outro dia uma toalha ou uma roupa molhada e, quando vamos ver, o mofo e o bolor já tomaram conta dela toda.

Nesses casos a melhor coisa que temos para fazer é jogar a peça fora e sair correndo para comprar outra, certo? Errado! Para quem ainda não sabe, tem como salvar peça de roupa embolorada. O trabalho que dá nem é tão grande quanto possa parecer. Basta ter paciência e os produtos certos à mão.

Manchas Nunca Mais

Manchas Nunca Mais

Como Tirar Manchas de Bolor / Mofo das Roupas               

Para tirar as manchas e marcas de bolor das roupas há diversos métodos eficazes. No entanto, tudo depende do tipo de tecido utilizado em cada peça, pois é ele que mostrará como você deve agir.

Dicas 1: Caso o tecido seja lavável, molhe a parte manchada com um pouco de leite e deixar ao sol até que a pele seque, depois é só lavar normalmente. Se o problema persistir, você deve repetir a operação.

Dica 2: Se o tecido for lavável e branco é melhor substituir o leite por suco de limão e fazer o mesmo procedimento, deixando secar ao sol. Depois é só lavar bem com água e sabão, deixando secar ao sol também.

Nada de Mofo Nas Roupas

Nada de Mofo Nas Roupas

Dica 3: Há manchas de mofo mais difíceis de sair, que são aquelas que aparecem como pontinhos pretos. Neste caso, você pode deixar a roupa de molho em água quente (bem quente) com sal, deixando lá até que a água esfrie completamente. Logo depois, leve a peça ao sol, colocando sobre cada manchinha um pouco de sumo de limão com sal, deixando no lugar por ficar por muitas horas. Depois, é só lavar normalmente.

Dica 4: Caso a cor do mofo na roupa seja em tom avermelhado, deve-se mergulhar a peça em uma vasilha com água e um pouco de fubá e levar tudo ao fogo até levantar fervura e deixar por alguns minutos. Depois, é só enxaguar com bastante água e deixar no sol um pouco. Então, enxágue a peça novamente e coloque de volta no sol, desta vez até secar.

Imagem de Amostra do You Tube

Dica 5: Se a mancha estiver em um tecido colorido, basta mergulhar a parte suja em uma vasilha com leite fervendo e deixar lá até desaparecer toda a mancha. Depois é só lavar o local com um mistura de água morna e vinagre branco.

Dica 6: Essas dicas também valem para roupas de cama, mesa e banho, como as toalhas, que são as peças que mais sofrem com o mofo.

Dica 7Outra forma de se tirar a mancha é colocar um xícara de álcool sobre ela e ir esfregando até sair toda ela. Essa dica serve tanto para ser usada em roupas brancas quanto em coloridas, o único cuidado é esfregar demais e desbotar a peça.

Dica 8Para retirar a mancha de mofo das roupas também pode-se fazer uma solução de um litro de água sanitária para cada xícara de açúcar e mexer bem até dissolver todo o açúcar. Depois, basta colocar a roupa de molho nesta mistura, mas atenção para o detalhe, isto só funciona em roupa branca, já que se for colocada em roupa colorida, certamente desbotará. No entanto, as roupas não podem ficar de molho próximo do sol, pois o risco de desbotarem é muito maior.

Como Deixar as Roupas Guardadas Prontas Para Serem Usadas Sem Que Fiquem Com Cheiro de Mofo

Em tempos que as estações do ano não estão bem definidas e de repente a temperatura cai 15 graus de uma hora para outra e você esqueceu completamente de colocar as roupas de frio na maquina, o único jeito é usá-las com aquele cheiro horrível e desagradável de mofo guardado. Mas, da próxima vez, é melhor tomar algumas precauções antes de guardá-las novamente, especialmente se houver sinais de mofo dentro do armário.

Para combater esse mal é necessário retirar tudo de dentro do móvel e limpar muito bem, de preferência usando uma solução de um litro d’água e quatro colheres de vinagre. Basta umedecer um pano com a substância e passar por todas as partes do armário, removendo a poeira e o mofo até dos cantinhos mais difíceis. Deixe que o móvel seque bem e só depois coloque as roupas de volta.

Os armários e guarda-roupas devem ficar abertos por ao menos uma hora todos os dias, especialmente se houver sol. Esse procedimento é importante para evitar que o mofo e a umidade grudem nas peças de roupa e elas encham de ácaro e bactérias.

Imagem de Amostra do You Tube

Logo que o frio for embora, guarde suas peças mais pesadas em embalagens plásticas e muito bem fechadas, já que desta forma ficaram protegidas das traças e da umidade. Caso queira, também pode ser usadas capas de TNT, que ao mesmo tempo em que protegem as roupas, ainda permitem que as mesmas fiquem ventiladas, diferente do plástico.

Não há nenhuma diferença se você guardar suas roupas de inverno no armário em malas ou em caixas, desde que se tomem todos os cuidados para evitar e prevenir o surgimento do mofo. A primeira coisa a ser feita é lavar todas as peças antes de guardá-las, mesmo que estejam aparentemente limpas.

Outra coisa é colocar produtos nos armários que ajudem a absorver a umidade, como aqueles que são vendidos nos supermercados. Caso queira, também pode optar pelas ideiais caseiras, como colocar cravos-da-índia no local onde as roupas ficarão guardadas, isso ajuda a fazer com que elas fiquem com um cheiro bom. Também podem ser usadas bolinhas de sândalo e barras de cânfora. Porém, não devem ser usadas por pessoas alérgicas. Para os acostumados a colocar sabonetes nas roupas, o ideal é que sejam trocados regularmente.

  • Email

Deixe um Comentário